Comunicado - Censos 2021

b_300_200_16777215_00_images_logotipos_AEOS_logo_big.pngOs Recenseamentos da População e Habitação, que se realizam de dez em dez anos, são operações estatísticas fundamentais para o conhecimento das principais características da população e da habitação do país, a sua realidade social e económica, produzindo também informações imprescindíveis para a tomada de decisões dos setores público e privado. A realização dos Censos 2021 surge após uma rigorosa análise e avaliação da viabilidade por parte do Instituto Nacional de Estatística, I.P. (INE), que definido um Plano de Contingência de modo a garantir a qualidade da execução dos censos e acautelar os riscos para a população e estrutura de recolha que a operação comporta no atual contexto epidemiológico.

 

O Plano de Contingência para os CENSOS 2021 inclui, entre outras medidas, a observação de um estrito Protocolo de Saúde Pública, ao abrigo das regras emanadas pelas autoridades de saúde, uma estratégia que reforça a opção pela recolha de informação através da Internet e o apoio à população através de uma linha telefónica, incluindo a possibilidade de resposta pelo telefone. De grande dimensão e exigindo vastos meios para a sua prossecução, as operações censitárias apenas atingem o êxito pleno através do envolvimento e participação de toda a população. Neste âmbito, operações censitárias anteriores demostraram que a comunidade escolar tem um papel importante a desempenhar, nomeadamente pela oportunidade que a divulgação e a sensibilização para esta colaboração propícia em termos de educação para a cidadania. De facto, a população escolar dos ensinos básicos e secundário constitui um agente importante para a dinamização e estímulo à resposta aos Censos 2021, tanto pela compreensão da sua importância, como pela influência positiva que pode exercer sobre os pais e encarregados de educação, ao sensibilizá-los para resposta pela Internet. Integrado num plano de comunicação mais amplo, “OS CENSOS VÃO ÀS ESCOLAS”, projeto desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estatística em colaboração com a Equipa do ALEA, tem como objetivos:

• Dar a conhecer aos alunos dos diversos graus de ensino: o que são, para que servem e como se fazem os Censos;

• Mobilizar os pais e familiares dos alunos para a participação nos Censos 2021;

• Incentivar os alunos para ajudar os pais na resposta aos Censos 2021 pela Internet.

"OS CENSOS VÃO ÀS ESCOLAS" propõem ainda um conjunto de atividades a realizar com os alunos, de forma a sensibilizar para a importância dos Censos e incentivar a participação na maior operação estatística do país, através da resposta pela Internet. A informação está disponível em censos.ine.pt ou em alea.pt. Para mais informações, aceda a: https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/os_censos_vao_as_escolas.pdf 

A partir da próxima semana, iniciar-se-á a grande operação de recenseamento da população e parque habitacional, vulgo Censos 2021, que acontecerá em todo o território nacional e, como tal, também na área geográfica do concelho de Ovar.

Nunca é demais realçar a importância dos Censos, a nível local, pois da sua boa concretização, resultará um “retrato” fiel do nosso concelho, nas mais diversas áreas. Os dados recolhidos produzirão um conjunto de indicadores e números, certamente condicionadores das políticas públicas e das estratégias de desenvolvimento do nosso concelho na próxima década.

O contributo individual de todos os cidadãos, através do preenchimento correto dos formulários dos Censos, constitui, desta forma, uma participação fundamental para o futuro da nossa terra e para o bem-estar de todos aqueles que aqui residem. Todos contam e ninguém pode ficar de fora.

A equipa de recenseadores destacada para Ovar deixará, em todas as caixas do correio, um envelope contendo as credenciais pessoais para o preenchimento, através da internet, dos questionários do seu agregado familiar, com as devidas instruções. As Juntas de Freguesia disponibilizarão apoio a todos aqueles que, por as mais diversas razões, não tenham a possibilidade de responder com meios próprios ao questionário. Para o efeito, será entregue, em cada casa um panfleto informativo onde constam contactos e horários de atendimento.

Os recenseadores farão, sempre que possível, cumprindo todas as normas de segurança, um contacto pessoal com cada um dos domicílios. Todos estarão devidamente identificados e credenciados, sendo pessoas conhecidas da nossa comunidade, na sua maioria jovens.

Todos os dados individuais recolhidos são confidenciais e destinam-se, exclusivamente, para tratamento estatístico.

A resposta aos Censos constitui uma obrigação legal para todos os cidadãos.

Share